Carreta cai de viaduto e motorista fica preso às ferragens, em Itumbiara; vídeo

Capa » NOTÍCIAS » Carreta cai de viaduto e motorista fica preso às ferragens, em Itumbiara; vídeo
Carreta cai de viaduto e motorista fica preso às ferragens, em Itumbiara; vídeo
Compartilhe agora:

Veículo, que estava carregado com quase 40 toneladas de milho, chegou a atingir um carro que passava embaixo da rodovia. Imagens de câmeras de segurança registraram o acidente.

Um motorista ficou preso às ferragens após a carreta em que ele estava cair de um viaduto na BR-153, em Itumbiara, na região sul de Goiás. O veículo, que estava carregado com quase 40 toneladas de milho, chegou a atingir um carro que passava embaixo da rodovia. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento (veja vídeo acima).

O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (15). Após ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros, o condutor da carreta foi levado em estado grave para o Hospital Municipal de Itumbiara. Já o motorista do carro de passeio, atingido pela carreta, não se feriu.

Segundo o hospital, o motorista da carreta passou por exames e o estado de saúde dele agora é estável.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não foram identificadas marcas de frenagem na pista. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

“A gente não viu marca de frenagem, então, isso já é um indício, mas o motivo real do acidente, a gente ainda não sabe”, disse o policial rodoviário federal Izaac Serra.

A carreta seguia para Minas Gerais, quando tombou na pista e caiu do viaduto no vão entre as duas pistas da BR-153, atingindo um carro que transportava botijões de gás e passava embaixo do viaduto na hora do acidente. O entregador Romildo Lopes, que conduzia o veículo, disse que ficou assustado.

“Eu achei que estava caindo em cima de mim, aí eu parei, tentei sair correndo do carro, mas o carro travou a porta. Quando desabou, tampou o poeirão'”, disse.

O motorista ficou preso às ferragens, precisou ser resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros, e em seguida, foi levado à unidade de saúde.

“O estado de saúde inspira cuidados médicos, é um estado grave. Apesar de ter sido transportado consciente, a gente conseguiu detectar um trauma raquimedular, e também um traumatismo cranioencefálico”, disse o tenente do Corpo de Bombeiros Luciano Ferreira.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*