Dez pessoas são presas em Goiás por crime de pornografia infantil

Capa » NOTÍCIAS » Dez pessoas são presas em Goiás por crime de pornografia infantil
Dez pessoas são presas em Goiás por crime de pornografia infantil
Compartilhe agora:

Ao todo foram expedidos em Goiás 22 mandados de busca e apreensão, que culminaram,

Dez pessoas foram presas em flagrante em Goiás nesta quinta-feira (17) durante a segunda etapa da Operação Luz na Infância, desencadeada em todo o Brasil, e que tem por objetivo combater a pornografia infantil. Entre os autuados, está um idoso de 74 anos, preso em Goiânia, e que, segundo a polícia, tira e compartilha fotos de menores nuas desde 1990.

 

Ao todo foram expedidos em Goiás 22 mandados de busca e apreensão, que culminaram, até às 11 horas, com a prisão em flagrante de quatro suspeitos em Goiânia, e seis no interior. “Todos os presos hoje nunca tiveram qualquer passagem pela polícia, levavam uma vida aparentemente normal, porém mantinham em seus computadores e smartfones fotos e vídeos que configuram pornografia infantil.

 

Quem apenas mantém esse tipo de imagem está sujeito a uma pena de reclusão que vai até três anos, agora quem compartilha pode passar até sete anos na cadeia”, pontuou a delegada Sabrina Leles, titular da Delegacia Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos.

 

Durante a operação, o caso que mais chamou a atenção, segundo a delegada, foi a prisão, em Goiânia, de Marcos Ronaldo Guimarães, de 74 anos. “Nós encontramos um farto material no computador, além de muitas fotos impressas, várias delas, datadas do ano de 1990, e algumas tiradas no próprio quarto dele. Além disso, o computador dele estava ligado em rede com vários outros pedófilos, o que torna o crime inafiançável”, concluiu.

 

Sabrina Leles disse ainda que vizinhos de Marcos Ronaldo aplaudiram a ação dos policiais, e se ofereceram para prestar depoimento como testemunhas, uma vez já estavam incomodados com o entra e sai de crianças na residência dele. No quarto do idoso, agentes apreenderam vários bichos de pelúcia que, suspeita a polícia, seriam usados como atrativo para as crianças.

 

A delegada concluiu dizendo ser possível a prisão de outros acusados ao longo do dia, e afirmou ter certeza de que a operação de hoje é a maior do mundo, no que diz respeito ao combate ao crime de pornografia infantil.

 

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*