Idosa é presa suspeita de tentar sacar a aposentadoria de outra pessoa usando documentos falsos, em Goiânia

Capa » NOTÍCIAS » Idosa é presa suspeita de tentar sacar a aposentadoria de outra pessoa usando documentos falsos, em Goiânia
Idosa é presa suspeita de tentar sacar a aposentadoria de outra pessoa usando documentos falsos, em Goiânia
Compartilhe agora:

Uma idosa de 67 anos foi presa suspeita de tentar sacar benefícios de contas bancárias de outras pessoas usando documento falsos, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Maria da Piedade Silva dos Santos foi flagrada tentando retirar o dinheiro da aposentadoria de outra pessoa. Ela também é investigada por sacar R$ 1,5 mil referentes à pensão de um beneficiário aplicando o mesmo tipo de golpe.

não conseguimos localizar a defesa dela até a última atualização desta reportagem. Em razão da idade, a idosa vai responder pelo crime em liberdade.

A prisão aconteceu na última sexta-feira (11), por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Segundo a polícia, o flagrante ocorreu após representantes de um banco entrarem em contato com os investigadores. Eles informaram que uma idosa estava usando documentos possivelmente falsos para tentar sacar a aposentadoria do verdadeiro titular da conta bancária.

O delegado Cássio Arantes, responsável pela investigação, disse que, a partir das informações repassadas pela instituição financeira, a equipe de investigadores foi ao banco e conseguiu deter a idosa.

“A equipe fez a abordagem confirmando que ela estava com documentos falsos de uma idosa do Maranhão e, na sequência, descobrimos que ela já tinha praticado, em julho, o saque de R$ 1,5 mil, além da suspeita de que ela tenha praticado isso em outras instituições financeiras”, afirmou Arantes.

Organização criminosa

A Polícia Civil investiga a suspeita de que uma quadrilha esteja pagando idosos para fazer este tipo de crime. Segundo o delegado, a foto da idosa foi divulgada com o objetivo de identificar outras possíveis vítimas do golpe.

“Recentemente, a equipe da Deic já havia prendido um senhor praticando o mesmo delito. Nesse caso, ele conseguiu realizar um saque de mais de R$ 50 mil. Então, há uma suspeita de uma associação ou organização criminosa atuando em Goiás cooptando essas pessoas idosas, que se sujeitam a passar por terceiros para sacar esse benefício”, disse.

A idosa deve cumprir medidas cautelares. Ela será investigada por estelionato e uso de documentos falsos.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*