Professor de dança do ventre é preso no Maranhão suspeito de estuprar aluna em Goiás

Capa » NOTÍCIAS » Professor de dança do ventre é preso no Maranhão suspeito de estuprar aluna em Goiás
Professor de dança do ventre é preso no Maranhão suspeito de estuprar aluna em Goiás
Compartilhe agora:

À polícia, vítima relatou que abusos começaram em 2007, quando ela tinha 7 anos, em Novo Gama. Ela também disse que homem mostrava cenas de pornografia infantil a crianças para cometer abusos.

Um professor de dança de 47 anos, suspeito de estuprar uma jovem que, na época do suposto crime, tinha 7 anos de idade, foi localizado e preso no Maranhão. A investigação aponta que o homem, que é professor de dança do ventro, abusava da criança, que era sua aluna, em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. A prisão aconteceu na quinta-feira (30), após uma ação conjunta da Polícia Civil de Goiás e do Maranhão.

não conseguimos localizar a defesa do suspeito, pois o nome dele não foi divulgado pela corporação.

À polícia, a vítima relatou que foi abusada sexualmente pelo professor de dança dos 7 aos 10 anos, entre 2007 e 2010, mas só agora, aos 18 anos, procurou a delegacia para denunciar o crime. A jovem também informou à polícia que ele mostrava para as crianças cenas de pornografia infantil com o intuito de praticar os abusos.

Segundo o delegado Pedro Trajado, titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Novo Gama, após meses de investigação, a polícia conseguiu descobrir a localização do homem e prendê-lo temporariamente.

O delegado instaurou um inquérito contra o suspeito para apurar os crimes de estupro de vulnerável e por facilitar a crianças acesso a material contendo cenas de sexo explícito ou pornográfico para praticar atos libidinosos.

Segundo Pedro Trajado, o homem já havia respondido por crime contra a dignidade sexual. O delegado acredita que possam existir outras vítimas. A Polícia Civil informou que as investigações apontam que o suspeito se mudou para o Maranhão após cometer crimes sexuais em Goiás.

O homem foi encaminhado para o presídio no Maranhão e, após os trâmites judiciais, será recambiado para Novo Gama.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*