Mulher e filho são presos suspeitos de matar namorado dela em Novo Gama

Capa » NOTÍCIAS » Mulher e filho são presos suspeitos de matar namorado dela em Novo Gama
Mulher e filho são presos suspeitos de matar namorado dela em Novo Gama
Compartilhe agora:

Uma mulher de 49 anos e o filho dela, de 29, foram presos suspeitos de matar o namorado dela a facadas em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, os investigados negaram o crime em depoimento dizendo que viram a vítima pela última vez três dias antes de ela ser morta.

Os mandados de prisão foram cumpridos na última terça-feira (22), pouco mais de dois anos e meio após o crime – que aconteceu em fevereiro de 2018 na mesma cidade.

Até a manhã desta quinta-feira (24), os presos não haviam constituído defesa, segundo a Polícia Civil. Os nomes dos suspeitos também não foram divulgados.

Segundo o delegado atualmente responsável pelo caso, Danillo Martins Ferreira, à época não havia provas suficientes para um pedido de prisão, mas, à medida que as investigações avançaram, foi possível consegui-lo com a Justiça.

“Depoimentos de muitas testemunhas relatam que o casal saiu discutindo da distribuidora ao lado da casa da vítima e que ouviram barulhos da discussão e de uma garrafa se quebrando. Mais tarde chegou o filho da mulher e entrou na casa. Desde então, a vítima não foi mais vista com vida”, explicou.

O corpo do homem, que tinha 59 anos, foi achado no dia seguinte na sala da casa com uma marca de pancada na cabeça e de facadas nas costas, de acordo com o inquérito. As investigações apontam que a mulher teria quebrado uma garrafa na cabeça da vítima e que, mais tarde, o filho dela teria chegado, interferido na discussão e esfaqueado o então namorado da mãe.

O delegado informou que o Inquérito Policial deve ser concluído nos próximos dias e que mãe e filho devem ser indiciados pelo crime de homicídio qualificado pela impossibilidade de defesa para a vítima.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*