Prefeito de Iporá que autoriza abertura do comércio, recua e obedece decreto de Caiado

Capa » NOTÍCIAS » Prefeito de Iporá que autoriza abertura do comércio, recua e obedece decreto de Caiado
Prefeito de Iporá que autoriza abertura do comércio, recua e obedece decreto de Caiado
Compartilhe agora:

O prefeito foi demovido da ideia após visita do secretario de governo, Ernesto Roller

O prefeito de Iporá, Naçoitan Leite (PSDB), decidiu voltar atrás na ideia de publicar um decreto municipal para liberar a abertura do comércio na cidade a partir desta segunda-feira (6). Leite já havia editado o documento, mas ele não será publicado.

O prefeito foi demovido da ideia após visita do secretario de governo, Ernesto Roller, que foi à cidade neste domingo (5) e se reuniu com Leite. Roller esteve acompanhado por autoridades civis e militares, como o tenente-coronal Ariel, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iporá, Francisco de Assis, também esteve na reunião, realizada na casa do prefeito.

Roller, durante o encontro, reforçou a importância do isolamento neste período crítico e crescente da disseminação do novo coronavírus em território goiano. O secretário de governo ponderou que entende o dano econômico, mas destacou que as determinações do decreto são as principais medidas para poupar vidas durante a pandemia.

O prefeito, durante a reunião e em vídeo publicado após o encontro, reiterou que não concorda com a extensão do decreto. Ele, porém, confirmou que obedecerá a determinação. Roller, por sua vez, agradeceu a compreensão de Leite.

Em nota divulgada após a reunião, a CDL de Iporá revelou que pediu à Justiça a reabertura do comércio, mas teve o pleito negado pelo Ministério Público. A entidade ressalta que ainda busca, dentro da lei, medidas para retomar as atividades comerciais e reforçou o pedido para que nenhum estabelecimento seja aberto sem amparo legal.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*