Aplicativo Olho na Bomba é suspenso em Goiás

Capa » NOTÍCIAS » Aplicativo Olho na Bomba é suspenso em Goiás
Aplicativo Olho na Bomba é suspenso em Goiás
Compartilhe agora:

Mais de 410 mil consumidores já baixaram o aplicativo.

O Ministério Público de Goiás (MPGO) e a Universidade Federal de Goiás (UFG), informaram que a partir da tarde desta segunda-feira (8), o Aplicativo sera desativado por causa de uma medida cautelar  que suspendeu a eficácia da Lei nº 19.888/17. Mais de 410 mil consumidores já baixaram o aplicativo. O Olho na Bomba é um projeto de iniciativa do MPGO, por intermédio de seu Centro de Apoio Operacional do Consumidor, realizado em parceria com a UFG.

Em nota a UFG disse que as desenvolvedoras do projeto  estão buscando alternativas para reativar a plataforma, já que  o aplicativo tinha uma média diária de 17 mil acessos. (Veja a nota na íntegra abaixo).

O Olho na Bomba funcionava em plataforma GPS, e permitia que o consumidor observasse em tempo real os preços praticados pelos postos revendedores de combustíveis de todo o Estado de Goiás. Além de outras funções, também era possível identificar os postos e os preços praticados no trajeto que se pretende percorrer.

A Lei Estadual 19.888/17,  obrigava os postos de combustíveis a comunicar imediatamente ao MPGO todas as alterações de valores cobrados, sob pena de multa. Se houvesse alguma divergência de preço entre o valor exposto no aplicativo e o valor cobrado pelo posto, o consumidor tinha a opção de denunciar pelo próprio aplicativo.


Nota

A Universidade Federal de Goiás (UFG) informa que a partir da tarde de hoje, 8/7, o aplicativo Olho na Bomba será desativado em virtude de medida cautelar que suspendeu a eficácia da Lei n. 19.888/17, que dispõe sobre a obrigatoriedade de informação dos valores cobrados pelo litro de combustível pelos postos revendedores.

Propiciando maior transparência e livre concorrência, o aplicativo Olho na Bomba estava desde setembro de 2018 a serviço dos consumidores goianos, apontando em tempo real o preço dos combustíveis vendidos em todos os postos do estado de Goiás. Mais de 410 mil motoristas goianos tem o aplicativo instalado no celular e puderam, desde setembro de 2018, escolher com antecedência onde abastecer. O Olho na Bomba tinha uma média diária de 17 mil acessos. Os administradores do aplicativo estão em busca de solucionar a questão o quanto antes.

Contato: (62) 992719764
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*