Após 13 anos, jovem que foi torturada e chegou a ter a língua cortada com alicate diz que superou trauma: ‘Escolhi perdoar’

Capa » NOTÍCIAS » Após 13 anos, jovem que foi torturada e chegou a ter a língua cortada com alicate diz que superou trauma: ‘Escolhi perdoar’
Após 13 anos, jovem que foi torturada e chegou a ter a língua cortada com alicate diz que superou trauma: ‘Escolhi perdoar’
Compartilhe agora:

Após 13 anos, a missionária Lucélia Rodrigues da Silva, de 25 anos, que foi torturada e chegou a ter a língua cortada com alicate, disse que conseguiu superar o trauma e perdoar sua agressora, a ex-empresária Sílvia Calabresi Lima. A jovem foi encontrada pela polícia amordaçada e acorrentada na área de serviço do apartamento da mulher, em um bairro nobre de Goiânia.

“É possível [superar]. Eu perdoei, escolhi perdoar. Perdoar não é esquecer. É lembrar e não sentir mais dor”, disse a jovem.

A ex empresaria foi presa em 2018, quando as torturas foram descobertas e a jovem, que tinha 12 anos à época, resgatada pela polícia. Silvia foi condenada a quase 15 anos  de prisão. Em 2014, a Justiça concedeu o benefício de progressão de pena, e ela foi transferidaa para o regime semeaberto.

 tentamos  em contato com o Tribunal de Justiça, nesta quinta-feira (10), para saber se Sílvia já cumpriu sua pena e aguarda retorno. A reportagem não conseguiu localizar a defesa da ex-empresária para que se posicionasse.

Lucélia Rodrigues da Silva ao lado do esposo e filhos, em Goiânia — Foto: Reprodução\TV Anhanguera

Após as agressões, Lucélia foi para um abrigo, onde foi adotada por um casal de pastores. Atualmente, ela é casada e tem dois filhos. Como missionária, conta sua história de superação e seus sonhos realizados após anos de sofrimento.

“Meu sonho era casar e ter família. Casei. Realizei meu sonho de ser mãe. Minha família é meu bem maior”, disse Lucélia.

A jovem disse que conseguiu reencontrar o amor familiar e que tem planos de ter mais um filho.“Vai ter mais [filhos], mais uma. Tentar uma menininha. Cuidar dela como princesa e dar para ela aquilo que não tive”, disse.

Lucélia Rodrigues da Silva chegou a ter a  língua cortada com alicates — Foto: Reprodução\TV Anhanguera

Lucélia Rodrigues da Silva foi encontrada amarrada e amordaçada em apartamento de Goiânia — Foto: Reprodução\TV Anhanguera

Contato: (62) 992719764
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*