Idoso é preso suspeito de estuprar ao menos cinco meninas na Grande Goiânia

Capa » NOTÍCIAS » Idoso é preso suspeito de estuprar ao menos cinco meninas na Grande Goiânia
Idoso é preso suspeito de estuprar ao menos cinco meninas na Grande Goiânia
Compartilhe agora:

Segundo Polícia Civil, vítimas são familiares ou conhecidas de parentes. De acordo com delegada, depoimentos relataram que ele oferecia dinheiro a elas e dizia que abusos eram ‘brincadeira’.

A Polícia Civil prendeu Adelirton Jerônimo do Nascimento, de 63 anos, na casa em que mora, em Goiânia. Segundo a corporação, ele é suspeito de abusar sexualmente de ao menos cinco meninas entre familiares e amigas de parentes: uma na fazenda que ele tem em Bela Vista de Goiás , três na capital e outra em Aparecida de Goiânia.

O pedido de prisão dele foi feito pela Delegacia de Bela Vista de Goiás, onde foi registrada a primeira denúncia contra o idoso. Ele foi preso na sexta-feira (1º) e as investigações apontaram que ele se preparava para fugir do estado.

A Polícia Civil divulgou a foto e o nome dele para que, se outras vítimas o reconhecerem, possam fazer a denúncia por meio do 197.

Não  conseguimos  descobrir quem é responsável pela defesa do preso para pedir uma posição sobre o caso.

A delegada Magda D’Ávila, de Bela Vista, contou que a primeira vítima que o denunciou tem atualmente 14 anos, mas foi abusada quando tinha 9.

“A vítima nos relatou que só teve coragem de denunciar após conversar com uma amiga que confidenciou que havia sido vítima de abuso por parte do autor quando ainda era criança e que sabia que haveriam outras vítimas”, explicou.

Para o inquérito, ela ouviu as outras quatro meninas que contaram que foram estupradas, como testemunhas. Os casos delas foram registrados nas delegacias das respectivas cidades em que aconteceram e devem correr separadamente.

“Todas relataram o mesmo modo de agir dele, sempre com os atos libidinosos. Ele tinha como hábito oferecer dinheiro para elas e dizia para não contar a ninguém, que era só uma brincadeira”, completou a delegada.

Os alvos do idoso eram parentes e amigas da família. Uma delas foi abusada em situações esporádicas durante 12 anos, outra foi vítima entre os 5 e os 14.

Todos os cinco casos relatados à Polícia Civil caracterizam o crime de estupro de vulnerável, porque as meninas eram crianças. Se condenado, o idoso pode ficar preso por até 15 anos.

Contato: (62) 992719764
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*