Obama anuncia sanções contra a Rússia. Putin anuncia sanções contra os EUA

Capa » POLÍTICA » Obama anuncia sanções contra a Rússia. Putin anuncia sanções contra os EUA
Obama anuncia sanções contra a Rússia. Putin anuncia sanções contra os EUA
Compartilhe agora:

Governo americano ampliou punições contra 20 funcionários do alto escalão russo. Já Moscou decidiu punir nove políticos dos EUA, entre eles o senador John McCain

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira (20) mais uma série de sanções contra a Rússia, uma forma de reação aos desdobramentos da crise política na península da Crimeia.

>> Vladimir Putin: Astuto, perigoso e imprevisível

A Crimeia, uma península que estava sob controle ucraniano, realizou um referendo aprovando a independência no fim de semana. Nesta semana, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou decretoanexando a região ao território russo. As ações na região são fortemente contestadas pela Ucrânia, União Europeia e Estados Unidos.

Os Estados Unidos já tinham aplicado sanções econômicas contra algumas autoridades russas e crimeias, mas nesta semana o governo americano decidiu aumentar a punição. Obama extendeu as sanções para atingir os aliados mais ricos de Vladimir Putin. Cerca de 20 funcionários do alto escalão russo foram selecionados pelos americanos, junto com o banco Rossiya – segundo funcionários da Casa Branca, o banco tem vínculos com autoridades do governo russo.

“Nós continuamos profundamente preocupados com os eventos na Ucrânia”, disse Obama. “Nós vimos um referendo ilegal na Crimeia, uma ação ilegítima da Rússia para anexar a Crimeia e perigosos riscos de escalar o conflito”. O presidente, no entanto, descartou qualquer envolvimento militar dos EUA na Ucrânia.

Represália da Rússia

As autoridades russas criticaram a ação americana. O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, disse que a decisão dos EUA “afetará os Estados Unidos como um bumerangue”. Nesta quinta, Moscou anunciou suas próprias sanções contra políticos americanos, com congelamento de contas e bloqueio de vistos.

O governo do de Vladimir Putin decidiu punir nove políticos americanos. Entre os políticos que serão proibidos de entrar na Rússia estão os senadores John McCain e Daniel Coats, e o presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner.

“Em resposta às medidas de sanção anunciadas pela administração dos EUA em 17 de março de 2014 contra alguns altos funcionários russos e deputados do parlamento Federal como ‘castigo’ por apoiar o referendo da Crimeia, a Rússia anuncia a introdução de sanções sobre a base da reciprocidade para o mesmo número de altos cargos e legisladores”, disse o Ministério das Relações Exteriores.

Enquanto isso, a Rússia acelera os trâmites para anexar a Crimeia. Nesta quinta, a Duma, o Parlamento russo, aprovou a medida para tornar a Crimeia como parte da Rússia. A decisão foi quase unânime: 445 votos a favor e apenas 1 contra.

Contato: (62) 992719764
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*