BC recorre a nota de R$ 200 com mais brasileiros guardando dinheiro em casa por causa da crise

Capa » NOTÍCIAS » BC recorre a nota de R$ 200 com mais brasileiros guardando dinheiro em casa por causa da crise
BC recorre a nota de R$ 200 com mais brasileiros guardando dinheiro em casa por causa da crise
Compartilhe agora:

Órgão avalia que empresas e pessoas físicas fizeram saques por causa da crise provocada pelo coronavírus e que beneficiários do Auxílio Emergencial não retornaram o dinheiro ao sistema bancário na velocidade esperada.

Com mais brasileiros guardando dinheiro em casa por causa da crise provocada pelo coronavírus, o  Banco Central do Brasil anunciou nesta quarta-feira (29) que vai lançar uma cédula de R$ 2oo .

O lançamento da nova cédula se dá num contexto em que o BC avalia que empresas e pessoas físicas fizeram saques para a formação de reservas nesse período de crise econômica. Além disso, o órgão aponta que os beneficiários que receberam em espécie o Auxilio emergencial não retornaram esse dinheiro ao sistema bancário na velocidade esperada.

Nós estamos vivendo nesse momento um período de entesouramento, efeito consequente da pandemia. E o Banco Central, nesse momento, não consegue precisar por quanto tempo esses efeitos devem perdurar”, afirmou a diretora de administração do Banco Central, Carolina Barros.

Em 2018, uma pesquisa conduzida pelo Banco Central mostrou que 60% da população utiliza o dinheiro como a forma de pagamento. Na sequência apareceram cartão de débito (22%), cartão de crédito (15%), vale refeição ou alimentação (0,4%) e outros meios (1,9%).

Na avaliação do BC, o entesouramento atual é passageiro e deve retornar ao normal depois que os efeitos da pandemia forem superados.

A impressão das notas de R$ 200 foi autorizada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A nova cédula deverá entrar no mercado  no fim de agosto. Ao todo, devem ser impressas 450 milhões das novas notas neste ano.

Contato: (62) 9 8499 0690
(clique para ligar agora)

informativocidades@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos requeridos estão marcados *

*